Dicas para limpeza e manutenção de seu Sofá

Dicas para limpeza e manutenção de seu Sofá

Dicas para limpeza e manutenção de seu Sofá

O sofá ou a poltrona é um objeto caro e ao mesmo tempo um item muito usado na sua casa.

Por ficar na sala de estar na maioria dos lares, os estofados sofrem com o fluxo de uso pelos habitantes e visitantes da casa. Sentar ou deitar no sofá para ver TV, com o acompanhamento de alguma comida ou bebida, provoca acidentes que prejudicam o móvel. Saiba como controlar o desgaste de seus estofados.

 

É o marido que deita confortável para assistir à tv, o filho adolescente que senta com uma pizza na mão enquanto está lendo sua revista, ou ainda os filhos pequenos que adoram pular na poltrona macia, de sapato e tudo.

Veja nossas dicas para conservar a beleza e a vida útil de seu sofá:

– Não deixe o sol bater no sofá

Evite que o estofado permaneça em exposição direta ao sol ou sob alta luminosidade, para evitar a alteração de tonalidade do revestimento.

– Nada de pular na poltrona

Evite pisotear ou pular sobre o estofado, ou sentar nas braças. Estas atitudes poderão causar o rompimento da costura e/ou a perfuração do revestimento.

Perspectiva de Living do Porto Alegre Incomparável

– Proteja o estofamento

Use capas de sofá ou mande fazer outros forros para cobrir sua poltrona.

Você pode escolher mantas para cobrir seu sofá, junto com várias almofadas, dando um novo toque na decoração.

– Evite produtos químicos

Não utilize agentes químicos, tais como detergentes, álcool, thinner ou solventes na limpeza do estofado. A utilização destes produtos trará danos irreversíveis ao revestimento do estofado.

Como limpar sofá com estofamento em tecido

como limpar poltrona

Limpeza do sofá no dia a dia

Para a eliminação da poeira, use um espanador, ou uma escova com cerdas macias, ou o aspirador de pó de baixa rotação.

Para limpeza rotineira de estofados, forrações de parede, colchas e cortinas recomenda-se o uso de uma escova de cerda natural macia ou do aspirador de pó com a ponta tipo “vassourinha macia”.
A limpeza deve ser efetuada pelo menos uma vez por semana ou sempre que necessário.

Como tirar pelos e cabelos da poltrona

Use rolos adesivos especiais para tirar pelos de roupas e tecido.
O que mais se encontra no mercado é o rolo de folhas adesivas tira-pelos.
Você vai trocando a fita adesiva à medida que ela fica saturada de pelos.

Claro que você pode improvisar em casa uma forma de tirar cabelos do sofá:
Uma fita plástica adesiva é uma excelente ferramenta para quem quer retirar pelos de animais de estofamentos e tecidos em geral.

Enrole um pedaço de fita adesiva larga em volta de seus dedos, com a parte colante para fora, depois pressione os dedos contra o tecido, repita o movimento em toda a área.

Quando sentir que a fita não tem mais efeito, troque por um novo pedaço e continue.

Manchas na poltrona – o que fazer?

manchas no sofá

Em caso de necessidade de se retirar manchas, usar um pano limpo, esponja ou papel absorvente, sem comprimir o tecido, o mais rápido possível.
Assim que tiver absorvido a mancha, deixe ainda um pano seco sobre o tecido para continuar absorvendo.

Se sua poltrona tiver ficado com uma mancha você pode tentar remover a mancha da seguinte maneira:

Para limpeza dos tecidos use pano úmido com sabão de côco, os tecidos de poliéster e lã poderão ser lavados, já os de poliuretano só poderão ser limpos a seco.

Mas cuidado: ao colocar um pano úmido em um sofá usado você poderá criar uma nova mancha onde molhou a poltrona.

Também correndo o risco de criar uma nova mancha, você pode tentar também líquidos de limpeza a seco para sofás que são encontrados nos bons supermercados.

Para não causar danos irreversíveis aos tecidos, evite o uso de qualquer produto químico, principalmente à base de cloro.

A solução mais certa é procurar pelos serviços de lavanderias profissionais especializadas em limpeza de tapetes e estofamentos.

Dicas de limpeza de capas de sofá

– Caso sua capa de sofá tenha sido comprada já pronta, verifique na etiqueta do tecido se ele pode ir para a máquina de lavar e quais os requisitos.

– Dê preferência ao controle “modo delicado” no ciclo de lavagem de sua lavadora.

– Evite água quente.

 

Fonte: Faz Fácil

Economize na Conta da Luz Destacando a Decoração

Economize na Conta da Luz Destacando a Decoração

Economize na Conta da Luz Destacando a Decoração

Economia e Eficiência. Provavelmente não são as primeiras palavras que vêm a sua mente quando você pensa em comprar lâmpadas para iluminar sua casa. Geralmente você está pensando em beleza e destaque para sua decoração ou ainda em deixar a casa clara e bem iluminada.

caribe-rossi-sala
A iluminação do Living embeleza o decorado do Rossi Caribe, parte do bairro planejado Rossi América.

A eficiência de uma lâmpada é a maneira como ela consome energia elétrica.
Nas lâmpadas incandescentes e halógenas, 80% da energia utilizada é transformada em calor e apenas 15% gera luz. Toda esta energia transformada em calor é lançada no ambiente, causando aumento da temperatura e desconforto.

economia de luz

Lâmpadas incandescentes e halógenas estão ultrapassadas.

As lâmpadas fluorescentes e as fluorescentes compactas (Energy Saver – economizadoras de energia) tem outra maneira de funcionar, produzindo mais luz e emitindo pouco calor.
Então, podemos dizer que uma lâmpada é mais eficiente à medida que a maior parte da energia consumida por ela é destinada à produção de luz.

Utilize em luminárias embutidas ou spots as lâmpadas incandescentes refletoras, que possuem o facho de luz dirigido, com maior aproveitamento da luz produzida e direcionando o calor gerado para o facho de luz, não causando superaquecimento na luminária.

Outra opção seria utilizar lâmpadas fluorescentes compactas sem o reator integrado, para melhor aproveitamento físico da luz produzida, ficando sobre o forro, o reator.

Economia

Pinte o teto e as paredes internas do ambiente com cores claras, pois estas refletem melhor a luz, diminuindo a necessidade de iluminação artificial, economizando assim energia elétrica. Estima-se que a iluminação seja responsável por uma pequena parcela do consumo de energia do lar (entre 10% e 20%). Porém esta parcela pode ser ainda mais reduzida com a troca das lâmpadas convencionais por lâmpadas de alta tecnologia.
Isso sem nenhum prejuízo no nível de iluminação e com uma série de benefícios, como por exemplo: a redução do volume de calor lançado no ambiente e a diminuição da troca de lâmpadas, pois elas além da economia no consumo, duram cerca de 6 a 10 vezes mais que as incandescentes.

Dicas:

– Limpe regularmente as luminárias e as lâmpadas, pois o acúmulo de pó, com o tempo, reduzirá a iluminação do ambiente.

– Dê preferência às lâmpadas fluorescentes compactas ou circulares nos locais em que elas fiquem acesas mais de 3horas por dia.

– Evite acender lâmpadas durante o dia. Use melhor a luz do sol, abrindo bem as janelas, cortinas e persianas.

– Use iluminação dirigida (spots) para leitura, trabalhos manuais e outros, para ter mais conforto e economia.

-Coloque mesas, lugares de leitura ou trabalho perto das janelas.

-Apague as lâmpadas dos ambientes desocupados.

– Antes de comprar, pesquise pela internet. Procure as sugestões de sites dos fabricantes, para que possa saber mais sobre uso, instalação, consumo e potência.

– No momento da aquisição de um novo aparelho de iluminação exija o Selo Procel de Economia de Energia, dando preferência aos mais econômicos.

– Em sua próxima compra, verifique e prefira lâmpadas de alta eficiência luminosa (Lm/W), ou seja, lâmpadas que produzem mais luz com menor consumo de energia elétrica.

fluorescentes compactas

Lâmpadas fluorescentes são econômicas e iluminam melhor.

Utilizar lâmpada de 220V na tensão 110V economiza energia?

Para qualquer lâmpada Incandescente, a saída de luz, potência e o tempo de uso dependem da tensão na qual a lâmpada é operada. Portanto, não, você não estará economizando energia. Pelo contrario, o resultado final seria menos luz e custo mais alto.

Concluindo, se a preocupação é apenas com o consumo de energia, estaríamos gastando 26W, para ter a luz de uma lâmpada de 15W, ou seja estaríamos desperdiçando cerca de 11W.
Portanto, se o nível de iluminação está adequado às suas necessidades e a lâmpada está em local de fácil acesso, poderá economizar muito mais trocando a lâmpada de 60W 220V para uma de 15W 127V. Evidentemente, trocando por uma fluorescente compacta de 7W irá obter mais luz e economizará ainda mais.

Fonte: Faz Fácil