O MERCADO IMOBILIÁRIO DE PORTO ALEGRE

O MERCADO IMOBILIÁRIO DE PORTO ALEGRE

PortoAlegre

O mercado de imóveis novos, em obras ou prontos, de Porto Alegre encontra-se em um patamar saudável de estoque. Um dos mais importantes indicadores para avaliação do equilíbrio de mercado é a disponibilidade de oferta atual (estoque) sobre a oferta inicial (volume lançado). Os 5.589 apartamentos que estavam à venda no final de setembro/16 representavam apenas 21,3% do volume de unidades lançadas nos 294 empreendimentos imobiliários que ainda possuem unidades disponíveis para compra em Porto Alegre. Quando este percentual está no patamar entre 20% e 25% dizemos que o mercado esta equilibrado na relação entre demanda e oferta. Podemos afirmar que o nosso mercado imobiliário em Porto Alegre está saudável. Não significa que alguma tipologia em alguma região específica não possa apresentar uma oferta superior à demanda atual, mas analisar o específico para falar do geral, neste caso não faz sentido.

Outro indicador que evidencia como o mercado porto-alegrense está saudável é o baixo volume de imóveis prontos, porém novos, à venda. Se assumimos que, na média, um imóvel leva 3 anos para ser entregue, podemos dizer que o que foi lançado até setembro de 2013 está pronto. Isso representa apenas 33% do estoque atual na cidade. Hoje a média brasileira está próxima dos 40% e, em Curitiba, uma cidade similar, tanto em tamanho quanto renda, esse patamar passou os 50%. Além disso, de todos o montante de imóveis que foram lançados em 2016, mais da metade já foi vendido.

Um último indicador que gostaríamos de falar neste momento é o nível de preços. Porto Alegre apresenta o segundo maior preço por metro quadrado da região Sul do Brasil, em levantamento da BRAIN nas 35 principais cidades da região que representam pouco mais de 50% do PIB do Sul.

Sem título

Confira sobre o mercado imobiliária em Porto Alegre também na Revista Foxter Gallery

Você sabe quanto vale seu imóvel?

Você sabe quanto vale seu imóvel?

Com o Nex Change, seu imóvel pode valer até 80% do valor de um novo

Se você está em busca de qualidade de vida e deseja trocar de imóvel, nós temos uma oportunidade única pra você. A Nex Group, além de pensar no projeto dos seus empreendimentos, pensa nas facilidades de negociação para seus clientes.

Assim surgiu o Nex Change, o programa de dação da Nex. Através dele você tem a possibilidade de incluir o seu imóvel usado no negócio, com avaliação diferenciada, condições facilitadas e agilidade no fechamento. Com as condições especiais do Nex Change, seu imóvel pode valer até 80% do valor de um Nex novo, é incrível!

maxresdefault (1)

Tudo isso é possível aqui mesmo, em Porto Alegre, no Chácara das Nascentes como por exemplo. E o melhor: pronto para morar.

A Nex Group uniu qualidade de vida e conveniência na zona leste da Capital. São sobrados (com 99 m²) e casas térreas (com 70 m²) com três dormitórios, suíte, pátio e churrasqueira, além de área social completa. As plantas de tamanhos diferentes se adaptam ao tamanho de sua família.

nex

Imóveis na Zona Sul e Zona Norte: Mais de 400 unidades entre apartamentos e casas na planta ou prontos pra morar.

Conheça outros empreendimentos de Porto Alegre e região no Site da Foxter e encontre seu lugar ideal para viver. São diversas opções que combinam com o seu estilo de vida e da sua família para você escolher em áreas junto à natureza, bem localizadas, com facilidade de acesso e infraestrutura completa. Tudo para você viver com conforto, segurança e tranquilidade.

Avaliações na hora: Traga a matrícula  do seu imóvel e nós avaliamos na hora.

Com um plano de incentivo para estimular os compradores que ainda aguardam para mudar de vida. Quem quer fazer um upgrade de casa, em busca de mais espaço ou de um imóvel melhor, pode utilizar o antigo na troca cobrindo até 80% do valor do novo. Além disso, caso o empreendimento escolhido ainda não tenha sido entregue, o comprador continua morando no seu imóvel até a hora da mudança, sem ter custos com aluguel.

Fonte: Nex Change

Lançado Padrão Internacional de Medição.

Um novo padrão que irá promover transparência e consistência ao mercado imobiliário foi
lançado mundialmente. O International Property Measurement Standard para imóveis comerciais (IPMS for Office Buildings) é o resultado de um esforço global para criar um método único, padronizado e uniforme de medição de propriedades comerciais.

As normas foram estabelecidas por uma coalização formada por mais de 55 organizações, entre elas Rics, SecoviSP, CB Richard Ellis, Cushman & Wakefield e Colliers que apoiam a padronização, garantindo uma metodologia única e coerente para uso em todo o mundo.

“Este é um avanço enorme para o Real Estate e a Rics está orgulhosa por fazer parte desde o início. Os membros da Rics desempenham um papel fundamental na implementação e
consultoria das melhores práticas para o mercado de propriedade em mais de 140 países pelo mundo. O IPMS irá garantir que avaliadores, clientes e empresas recebam informações consistentes, transparentes e que permitam comparações entre propriedades de qualquer parte do mundo”, afirma Sean Tompkins, CEO da RICS.

Para Claudio Bernardes, presidente do SecoviSP, “é fundamental que haja padronização e que todos Àfalem a mesma língua””. E acrescenta: “Um padrão de medida internacional comum irá impactar positivamente os mercados imobiliários em todo o mundo”.

O IPMS surgiu a partir da necessidade de padronização das normas de medição, em substituição as adotadas localmente, que muitas vezes são inconsistentes e confusas. Na Índia, por exemplo, as medidas de um escritório podem incluir áreas externas de estacionamento de veículos de passeio, enquanto na Espanha as medidas locais muitas vezes consideram espaços de lazer como área do escritório. Dependendo do padrão utilizado na avaliação, áreas equivalentes podem variar em até 24% ao redor do mundo, segundo pesquisa realizada pela JLL.

“Existe uma tendência mundial em cada mercado de buscar parâmetros para a definição melhor de sua área locável, preservando-se formas e normas locais. A ideia de se buscar uma uniformização das medidas de áreas locáveis com critérios definidos globalmente permitirá um enorme entendimento sobre diversos tipos de edificações, com uma comparação mais justa entre diferentes empreendimentos e principalmente um entendimento técnico maior de usuários e investidores”, afirma Walter Cardoso, Presidente da CB Richard Ellis no Brasil.

Estima-se que as transações de mercado de imóveis comerciais tenham movimentado US$1 trilhão mundialmente ao longo de 2013, de acordo com dados do Real Capital Analytics. O IPMS chega agora para fornecer dados consistentes de medição, que irão garantir a transparência nas negociações globais de Real Estate.

“Acho que o IPMS será muito importante para o mercado brasileiro no sentido de trazer mais transparência e comparabilidade com os mercados internacionais”, afirma Celina Antunes, CEO da Cushman & Wakefield para América do Sul.

O governo de Dubai já anunciou planos para adotar o IPMS como padrão oficial do país, em resposta ao crescimento da base de investidores internacionais atuando no setor de imóveis comerciais da cidade. Mais de cem empresas também já sinalizaram a intenção de utilizar o IPMS em suas transações.

“A padronização trará inúmeros benefícios para o mercado comercial. A maior transparência nas características físicas resultante da normatização do cálculo da área possibilitará maior assertividade na análise dos investimentos e na eleição de espaço para ocupação”, diz Paula Casarini, vice presidente da Colliers.

A RICS irá apresentar em breve o guia de orientação para a utilização do IPMS, com lançamento previsto para o primeiro semestre de 2015. Enquanto isso, a coalizão irá continuar a trabalhar na padronização de normas, com especial atenção para imóveis residenciais que deverá ser assinado no próximo ano.

Fonte: Diário do Comércio

Desenvolvimento do preço médio dos imóveis em Porto Alegre

Desenvolvimento do preço médio dos imóveis em Porto Alegre

Desenvolvimento do preço médio dos imóveis em Porto Alegre. Confira abaixo dados do portal Agente Imóvel referente ao preço médio dos imóveis em Porto Alegre:

O Agente Imóvel realizou uma pesquisa em Junho de 2014, no qual identificou o alto índice de vendas principalmente para de 2 e 3 dormitórios, entre 40 e 50 mil imóveis.

tabela

Entre os imóveis, no geral, fazendo uma comparativa entre o mês de Junho de 2013 e Junho de 2014, indica que houve um aumento de 16% na procura/venda de imóveis de 1 dormitório, 13% nas de 2 dormitórios, 13% nas de 3 dormitórios, 8% para 4 dormitórios e 17% para 4 ou mais dormitórios.

Português: Panorâmica do Cais Mauá, parte do p...

Português: Panorâmica do Cais Mauá, parte do porto de Porto Alegre, Brasil. (Photo credit: Wikipedia)

Para outras bases, os bairros mais valorizados de Porto Alegre são oito: Jardim Europa, Central Parque, Bela Vista, Moinhos de Vento, Auxiliadora, Três Figueiras, Boa Vista e Petrópolis.

Os dois primeiros que apareceram são bairros planejados, ou seja, é um empreendimento aonde tudo já foi previamente pensado e planejado. Têm, além das moradias, comércio, serviços e áreas de lazer.

O valor do m² dos empreendimentos no geral está aproximadamente entre R$ 6mil e R$10mil reais. Os bairros planejados estão entre os mais cotados e mais valorizados.

Fonte: Agente Imóvel