Começando do Zero

Começando do Zero

Móveis de tons neutros são mais fáceis de combinar, pois não comprometem o ambiente e não cansam.

Tão logo temos nossa casa nova ficamos fascinados com a ideia de montá-la como sempre sonhamos, não é verdade?! Normalmente, assim que vislumbramos esta possibilidade já temos em mente alguns sinais do que desejamos imprimir para este lugar e na maioria das vezes não sabemos muito bem como “acomodar” todas as ideias. Pois bem, partiremos aqui de alguns conceitos básicos que vão ajudar muito na hora de colocar isto em prática!

Começando por móveis de tons neutros que são mais fáceis de combinar, pois não comprometem o ambiente e não cansam. Aposte nas cores em almofadas, objetos de decoração, arranjos florais e quadros para dar um tom pessoal ao ambiente, além de trazer um clima bem mais intimista é um recurso super inteligente já que podem ser facilmente substituídos quando você enjoar! Abajures e arandelas coloridos ou neutros também são muito bem vindos, especialmente quando você não puder investir num bom projeto luminotécnico e quiser produzir algum efeito especial num detalhe ou mesmo para proporcionar uma sensação de conforto.

dica-1

Use e abuse de estampas florais e geométricas em cortinas, tapetes e paredes, juntas ou separadas. Apenas lembre-se sempre da regra número um para este tipo de composição: dois padrões jamais podem concorrer entre si, se uma das estampas for colorida, a outra deve obrigatoriamente ter tons neutros ou complementares. Essa combinação além de linda é sempre chique e dá um toque “vintage” que proporciona um dinamismo ímpar, difícil de esquecer.

01-erros-de-decoracao-que-voce-nao-precisa-cometer

Segundo o arquiteto Rodrigo Rocha, pensar com cuidado em como decorar é muito importante para estabelecer a harmonia do ambiente: “Nossa casa é feita de pequenos detalhes, cada um com um valor em especial. Mas é preciso cuidado porque é muito comum a gente acumular coisas que gostamos (quadros, vasos, toalhinhas, almofadas, porta retratos e objetos variados) e no final acabam poluindo o ambiente, sobrecarregando a casa de informações. É importante ter noção do espaço que você tem, para então começar a ver reais oportunidades de como ocupá-lo de maneira criativa”, pondera.

 

Texto por Juliana Sisson

Fonte da imagem: Debbie Basnett, Vintage Scout Interiors. Western Springs Living Room – www.houzz.com