Mês: junho 2012

Santander amplia para 35 anos prazo para casa própria.

O Santander anunciou nesta quarta-feira, 6, a ampliação para 35 anos do prazo de financiamento imobiliário. Segundo comunicado do banco, o prazo é válido para novos contratos a partir do dia 6 de julho em todas as linhas de crédito para compra de imóveis residenciais. Com isso, o Santander se torna o primeiro banco privado a ampliar o prazo de financiamento para 35 anos. A medida ocorre um dia após a Caixa Econômica Federal anunciar a mesma alteração. Em nota, o Santander também afirma que o crédito imobiliário é considerado estratégico. No último trimestre, essa carteira registrou crescimento de...

Continue Lendo...

iPad controla painel de LED e transforma você em VJ

O que você faz quando precisa preencher um espaço vazio na parede de sua casa? Compra um quadro? Pinta uma gravura? Bom, Greg Friedland resolveu construir um painel de LED. E o melhor de tudo: a “obra de arte” pode ser controlada com um iPad. Por ser feito inteiramente de diodos emissores de luz, obviamente o “Aurora LED” é todo iluminado. Na demonstração que Greg fez no YouTube, o painel ganhou vários tons de cores que mudam conforme a música. Até um texto iluminado foi inserido em meio aos LEDs. No total, o painel é composto com 544 LEDs RGB capazes de reproduzir 16 milhões de cores. Eles estão presos em uma tábua de madeira de 2,40 x 1,21 metros, fixada na sala de Greg. Os LEDs são controlados por um microcontrolador, que por sua vez é controlado por um programa presente no iPad. O portátil é o cérebro do sistema, responsável por criar os gráficos que aparecem na parede. Mas existe um PC nessa história. Um software ligado ao computador se conecta ao software que está presente no iPad, permitindo a interação com os padrões de movimento. Além disso, o Aurora tem um modo onde as luzes de LED respondem ao ritmo da música, saltando e piscando conforme a batida, transformando você numa espécie de VJ. Fonte: Toda...

Continue Lendo...

Como lucrar com imóveis em três ou quatro anos?

Dúvida do internauta: Tenho 18 anos e estou no primeiro ano do curso de Economia. Trabalho como segundo câmera e editor para um fotógrafo da minha cidade e, há um ano, comecei a poupar para comprar um carro, o qual devo adquirir em agosto ainda com o benefício da redução do IPI. Pretendo pagar 25.000 reais por ele. Com a poupança que estabeleci e a quantia que ganho no trabalho, conseguirei pagá-lo à vista. Meu próximo objetivo é comprar um terreno, permanecer com ele por algo em torno de três ou quatro anos, e vendê-lo em seguida para comprar um imóvel. Mas seria mais vantajoso comprar logo o imóvel, ao invés do terreno? Resposta do economista Luiz Calado*: Nossa história de início de carreira é parecida. Também precisei atuar em outras áreas, que não Economia, para ter o suficiente para comprar meu carro e investir. Ler um relato como o seu é estimulante e me incentiva a continuar auxiliando as pessoas com seus investimentos. Respondendo à sua dúvida: no seu caso é mais vantajoso comprar o imóvel. A razão é o curto prazo indicado como sua intenção para lucrar com o terreno. Investimentos em terrenos, no geral, exigem prazos maiores do que quatro anos para possibilitar um retorno excepcional. Além disso, você ficaria com o risco muito concentrado num único tipo de investimento, apesar de isso não caracterizar um...

Continue Lendo...

Loft Rounded House – A1 Architects.

Rounded House é o projeto de interiores da A1 Architects para um loft em Praga, República Checa. O desafio central foi acertar nos materiais e mobiliários para que os cômodos tivessem uma uniformidade bastante harmônica a ponto de apresentar espaços únicos mesmo com uma planta bastante homogênea. Obviamente, o loft traz espaços separados, como quartos, banheiros, etc, mas para todos os demais não, como se fossem um único espaço. Para estes a A1 Architects investiu em materiais que iniciavam em uma parede e percorriam todo o espaço mesclando com o cômodo vizinho, eliminando divisórias óbvias e monótonas. O projeto contempla uma sala de estar, cozinha, sala de jantar, uma galeria superior, sala de estudos, biblioteca e uma escada circular além de uma lareira super elegante. Particularmente, achei muito inteligente a combinação da madeira com o concreto, mas o ponto mais legal do projeto é grade metálica que percorre as escadas, original. Fonte: Design...

Continue Lendo...

Os casos em que o FGTS paga o seu imóvel

 Usar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para dar entrada ou amortizar as parcelas de um imóvel de até 500.000 reais é uma verdadeira mão na roda para os trabalhadores brasileiros. Para ter esse direito, porém, é preciso preencher uma série de pré-requisitos, e não se pode ter outro imóvel residencial em seu nome na mesma cidade ou região metropolitana de sua residência. Mas há uma série de outras regras que podem causar confusão. O presidente do Canal do Crédito – primeiro site de comparação de produtos financeiros do país –, Marcelo Prata, ajudou EXAME.com a responder as principais dúvidas de quem deseja usar os recursos do FGTS para comprar um imóvel. Veja abaixo: O básico 1. Na aquisição de imóveis, em que casos se pode usar o dinheiro do FGTS? Para compra de um imóvel residencial construído ou em construção, com ou sem financiamento; amortização ou mesmo liquidação do saldo devedor em financiamentos imobiliários pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH) ou programas do governo; para amortização total ou parcial ou mesmo liquidação do saldo devedor de consórcios imobiliários. 2. Quais as condições para eu usar meu FGTS para adquirir um imóvel? Para o trabalhador: – Ter três anos de trabalho sob o regime do FGTS, consecutivos ou não; – Não ser titular de financiamento ativo dentro do SFH em qualquer parte do país; – E...

Continue Lendo...